Keep-Alive: Fazendo flush antes do término da execução, no controller do Symfony 2

No Symfony (1 e 2), a saída do controlador apenas é enviada após o processamento interno.

Para uma saída constante, em processos demorados, precisamos outra abordagem,

chamando o flush manualmente e seguindo o caminho Keep-Alive.

A necessidade

A CamelSpiderBundle possui um controller que executa a CamelSpider e isto pode demorar um pouco.

É necessário que exista uma saída informativa e uma negociação com o navegador para que não seja interrompida a exibição.

Solução: 

//….

    public function captureAction($id)
    {
        $response = new Response();
        $response->headers->set(‘Content-Encoding’, ‘chunked’);
        $response->headers->set(‘Transfer-Encoding’, ‘chunked’);
        $response->headers->set(‘Content-Type’, ‘text/html’);
        $response->headers->set(‘Connection’, ‘keep-alive’);
        $response->sendHeaders();
        flush();
        ob_flush();
        echo “<html><head><title>Capture</title></head><body><pre>”; 
        $this->get(‘camel_spider.launcher’)->checkUpdates($id);
         echo nnnn<b>Done</b>.”;
        echo “</pre></body></html>”;
        return $response;
    }
//…..
Você pode visualizar o arquivo completo aqui
Algumas informações relevantes:

Midias Sociais: Fontes fiéis e números em 2009

4100369024_683384b922_o

Estou produzindo um estudo de caso INTERNET 2.0 E 3.0 E A PORTABILIDADE: BENEFÍCIOS DE TER UMA API PARA MÍDIAS , fui em busca de fontes que me fornecessem estatísticas fiéis, sobre a utilização de mídias sociais.

Com base na referências do post Internet 2009 in numbers  da Royal Pingdom:

Estatísticas de uso de Midias Sociais em 2009

  • 126 milhões de blogs.
  • 27.3 milhões de tweets por dia (Novembro, 2009)
  • 350 milhões – Pessoas no Facebook.
  • 50% dos usuários do Facebook acessaram suas contas diariamente.
  • 500.000 aplicações para o Facebook.

A Internet é assunto de todos e a tecnologia sem fio a torna algo muito presente e pessoal

“A tecnologia sem fio provavelmente acelerará o crescimento da Internet. À medida que equipamentos sem fio ficarem cada vez mais baratos, as comunicações pela Internet estarão por toda a parte (em plugues de ouvido, em jogos multiusuário, em leitores de bilhetes de metrô), o que motivará novas aplicações e novas soluções de segurança.

Essas previsões já foram feitas muitas vezes, mas somente nos últimos anos a tecnologia ficou disponível. Agora, as grandes barreiras são o gerenciamento de direitos e os controles de acesso. Se os cidadãos não se engajarem no processo de formulação de seus direitos nestas questões, os sonhos a muito acalentados continuarão sonhos. Ou, pior, poderão ser substituídos por novos pesadelos. A Internet é assunto de todos e a tecnologia sem fio a torna algo muito presente e pessoal. E eu estou aqui para ajudá-la a ser a ferramenta maravilhosa que deve ser.”

 

 

Extraído da entrevista com Charles E. Perkins (Pesquisador Associado Nokia) da obra Redes de computadores e a Internet – Uma abordagem top-down de James F. Kurose e Keith W. Ross.