Setor de Software e Serviços de TI em debate durante a INFORUSO/INFOCON e a INOVATEC 2010, em Minas Gerais

De 5 a 8 de outubro, a capital mineira sedia três tradicionais eventos do setor de informática e telecomunicações: a INFORUSO/INFOCON 2010, organizadas pela Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas (SUCESU/MG), e a Inovatec, feira multissetorial de inovação tecnológica promovida pelo Governo de Minas Gerais, que serão realizadas em conjunto pela primeira vez. Pela crescente expressão nacional obtida pelos encontros ao longo dos últimos anos, todos contam com o apoio da SOFTEX para a sua realização.

Tendo como temas centrais pessoas e conhecimento em conexão, a 26ª edição da INFORUSO (www.inforuso.com.br) é composta de uma feira para a apresentação de produtos e serviços ligados ao setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Já o INFOCON é o congresso realizado paralelamente, composto por 27 palestras para a discussão de temas como retenção de talentos, cloud computing, software livre, banda larga, redes ópticas, segurança e tecnologia para dispositivos móveis.

Djalma Petit, diretor de Mercado da SOFTEX, integra a relação de palestrantes do INFOCON e na tarde do dia 8 de outubro, no painel dedicado à análise sobre a questão da internacionalização das empresas de TI, ele detalhará o Projeto Setorial Integrado para Exportação de Software e Serviços Correlatos (PSI-SW), o maior e mais abrangente plano de exportação já implementado no Brasil. Desenvolvido em parceria pela SOFTEX e pela APEX-Brasil, ele reúne atualmente mais de 220 empresas localizadas nas mais diversas regiões do País e distribuídas em 14 verticais de atuação (Agronegócios, Aviação, Bancos/Finanças, Couro e Calçados, Educação, Energia, Gestão, Governo, Petróleo, Saúde, Segurança, Telecom, Jogos Eletrônicos e Outsourcing).

Energia limpa e Copa de 2014 pautam a programação da Inovatec (www.inovatec2010.com.br), que tem a proposta de levar ao mercado as principais novidades tecnológicas. Pela terceira vez, o evento terá um país-âncora, os Estados Unidos, garantindo a apresentação para o público brasileiro das principais inovações para o setor de TIC desenvolvidas naquele país.

Virgína Duarte, gerente do Observatório SOFTEX, unidade de estudos e pesquisa da entidade, analisará o tema “Escassez de mão de obra em TI: Dados e Reflexões” na tarde do dia 7 durante o workshop “Formação de Recursos Humanos na área de TI”. Segundo o estudo “Software e Serviços de TI: A Indústria Brasileira em Perspectiva”, realizado no ano passado pela SOFTEX, o déficit de PROFSSs, ou seja, de profissionais assalariados exercendo ocupações relacionadas com software e serviços de TI de profissionais no setor, que hoje é de 71 mil poderá atingir 200 mil em 2013. Estarão presentes também executivos da SAP Brasil, da IBM, da Everis e de diversas entidades de TI de Minas Gerais.

Às 18h30 do mesmo dia, o empresário Fernando Nery, como convidado da SOFTEX, participa como palestrante do painel “Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 – Panorama Geral e oportunidades de negócio para TI”, quando será apresentado o Planejamento Estratégico Integrado elaborado pela Prefeitura de Belo Horizonte, uma das cidades-sede do mundial, e pelo Governo de Minas Gerais. Nery falará especificamente das oportunidades para as empresas de TI na Copa. Na visão da entidade, o setor de tecnologia deve participar de projetos em conjunto com outros segmentos de forma a se beneficiar da realização do evento no País.

A Secretaria de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) promove no dia 8, paralelamente aos encontros, reuniões dos grupos de trabalho do Fórum de Competitividade de Software e Serviços de TI. Na oportunidade serão debatidos marcos regulatórios e políticas governamentais voltadas ao fomento à exportação, formação de recursos humanos, inovação e apoio às micro e pequenas empresas. “São questões extremamente importantes para o desenvolvimento tecnológico nacional, para a geração de empregos no País e para a inserção do Brasil no mercado internacional de serviços de TI”, analisa Arnaldo Bacha, vice-presidente executivo da SOFTEX e membro permanente do Fórum.

A projeção dos organizadores sinaliza para a presença de mais de 20.000 pessoas durante os quatro dias dos eventos, que reunirão representantes das principais entidades setoriais, empresários, empreendedores e acadêmicos, além de autoridades dos Governos Federal, Estadual e Municipal, como Ronaldo Mota, secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT); Alberto Portugal, secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado de Minas Gerais; Olavo Machado Júnior, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg); Mário Neto Borges, presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap); e Dennis W. Hearne, cônsul geral dos Estados Unidos Brasil.

 
Fonte:Email informativo, Por Karen Kornilovicz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *