O medo do “dedo podre” da chefia míope

Tumblr_lgis71wgby1qf367ro1_500

Ainda falando sobre o sucesso do projeto e ligando ao apelo emocional de meu post sobre a atitude na remoção de impedimentos para o fluxo dos trabalhos,
quero dizer que sei, que ao vestir a camisa e “adotar” o projeto como seu, como co-criador e como responsável pelo projeto, o membro da equipe cria um vínculo sentimental.
Muitas vezes, pelo medo de machucar-se com o insucesso, em meio ao projeto, luta (inconscientemente) para desvincula-se sentimentalmente, diminuindo assim as chances de sucesso do projeto.

Já que todos participamos de dezenas de projetos mal sucedidos no passado, como aquele que recebeu o “dedo podre” da chefia míope e carregamos estas experiências desde os primeiros projetos escolares no ensino fundamental, este tipo de evento deve ser sim, evitado, com a coragem de defender o projeto, lutar e negociar com quem for preciso, manter o vínculo e alcançar o sucesso do nosso tão querido projeto.

Coragem!

O que você pensa a respeito disso?
Comente!

2 respostas para “O medo do “dedo podre” da chefia míope”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *