Anatomia de um arco moderno: Arcos compostos (Compound)

O arco composto moderno foi inventado em 1966  e hoje conta com uma série de ferramentas mecânicas que auxiliam no conforto e na precisão.

Um conjunto de cabos e polias nas extremidades da lâminas criam o “let off”, efeito que reduz a força necessária para puxar a corda até o ponto de ancoragem.

O guarda de cabos evita maiores oscilações horizontais da corda, o que reduz a interferência da trajetória da flecha, permitindo um tiro mais preciso

Possui  gatilho, um item mecânico ativado por pressão ou o toque de um botão para disparar a flecha. O gatilho substitui a largada tradicional, feita com os dedos, e causa bem menos oscilação na corda do arco.

Os arcos compostos são geralmente os mais potentes e em competições, os atletas  têm de acertar um alvo a 50 metros de distância.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *